Peixe de grande tradição em Portugal, o bacalhau faz parte da alimentação dos Portugueses desde o século XIV.

Adequado à época pela sua facilidade de conservação, o bacalhau pelo facto de ser salgado e seco aguentava as longas travessias marítimas sem se estragar.

A sua fama e disseminação à mesa é adquirida entre outros, por motivos religiosos pois era permitido à mesa por alturas da Quaresma, por ser mais saboroso que os outros tipos de peixe seco e pelo facto da maioria da população não poder comprar peixe fresco pelo preço praticado nos mercados. O bacalhau era abundante e como tal mais acessível.

Desta forma o bacalhau tornou-se no "fiel amigo" da mesa dos Portugueses, continuando nos dias de hoje a marcar presença principalmente em épocas festivas, como por exemplo a "Noite da Consoada".

Existem vários tipos de bacalhau, baseados na sua cura e mais de mil receitas para o preparar. Pode-se dizer que os Portugueses são mestres na sua confecção.

Produtos