19 Março, 2016 a 27 Março, 2016
Oleiros
Volta que estás “estonado” !!!

E comer o Cabrito, assim tão bem acompanhado será não apenas, da tradição como um enorme prazer, conhecer as fases por que passa a tenra e pequena rez, em Oleiros.

A 8ª edição do “Festival Gastronómico do Cabrito Estonado e do Maranho” está a chegar… É um evento que na verdade á destaque não a uma mas duas especialidades confeccionadas à base de carne de caprinos, sendo uma delas exclusiva de Oleiros com “um sabor do outro mundo” como já referiram alguns conhecidos chefs de cozinha. Segredos sempre existem e são alma do negócio, mas satisfazer a curiosidade é uma forma de acentuar a particularidade que em Oleiros se mantém de levar o cabrito a assar em forno de lenha, depois de “estonado” (leia-se, limpar-lhe os pêlos à tona) e não esfolado, como seria normal e comum.

A outra iguaria muito apreciada e cujo uso na cozinha é usual, na zona de Pinhal interior, do luso território é o Maranho, uma espécie de enchido, fresco, recheado com carne de caprinos e ainda produtos do fumeiro, a que se lhe junta arroz e uma quantidade apreciável de ervas aromáticas, sobretudo hortelã, que lhe dão um gosto muito particular.

Promover os produtos endógenos de grande qualidade, como é o caso, dar visibilidade à fileira da caprinicultura, dinamizar os fluxos de visita ao território e coordenar uma oferta que se pretende regular, mantendo elevados índices de qualidade, constituem os objectivos deste Festival Gastronómico, em Oleiros.

Tão ou mais irresistível é o Cabrito “estonado” quanto mais estaladiça estiver a sua pele, apresentando-se a carne, tenra e suculenta. Deste modo e não por qualquer outro motivo se recomenda aos visitantes e apreciadores desta iguaria, que façam marcação previa das suas refeições no âmbito desta 8ª edição do certame, a ter lugar dias 25, 26 e e 27 de março mas também no fim de semana seguinte- 2 e 3 de abril.

Quanto aos cheiros, cores e brisas de terras de Oleiros, a única recomendação a fazer é de que vão com tempo e de pulmões abertos e com todos os sentidos apurados, por forma a desfrutar de Oleiros, tal qual é fresco, natural, acolhedor.

O seu carrinho de compras está vazio.