Os fungos são conhecidos por bolores, mofos, fermentos, lêvedos, orelhas-de-pau, trufas e cogumelos-de-chapéu. Formam um grupo com mais de 200.000 mil espécies espalhadas por todo o mundo.

Os fungos e as bactérias, obtém alimento através de decompor a matéria orgânica do corpo morto, atuam como saprófagos, conhecidos também por decomposições. 

Os cogumelos não são legumes, mas sim fungos. Embora possam ser cultivados, eles crescem de forma selvagem e em especialmente ao decomporem árvores e troncos, assemelham-se a pequenos guarda-chuvas , com uma cobertura densa e um caule que pode variar entre o curto e o comprido, o grosso e o fino.

Existe uma vasta variedade de cogumelos, mas os mais comuns são, os cogumelos brancos, cogumelos crimini e cogumelos portobelo.

A trufa é um fungo subterrâneo muito apreciado pelo seu sabor, aroma e características.

A trufa é rica em água e possuí também proteínas, hidratos de carbono e são de baixo teor calórico. Todas estas características fazem da trufa um alimento nutritivo e saudável, este fungo encontra-se normalmente a uma profundidade abaixo da solo de 20 a 40 centímetros. Como a trufa é incapaz de fazer a fotossintese ela extrai das raízes das árvores todos os nutrientes que necessita.

São muito apreciadas pelo seu peculiar sabor e muito utilizadas e apreciadas pela alta cozinha, ao serem comercializadas atingem valores acima de 100 a 200 euros, também por serem difíceis de encontrar e de extrair da terra.